Fantasmas, trincheiras e arma na mão

Trincheira e arma na mãoO presidente da CUT, Vagner Freitas, declarou que devemos “nesse momento ir para as ruas entrincheirados com arma na mão se tentarem derrubar a presidenta Dilma Rousseff”.

Estranho que o presidente da CUT jamais convocou os trabalhadores para se entrincheirarem com armas na mão contra o PPE, programa que reduz carga horária com redução de salários; contra as MP’s 664/665, que retiram direitos como seguro desemprego; contra o PL 4330, da Terceirização; e pelo fim do Ajuste Fiscal e cortes de verbas públicas, feitos por Dilma. Continuar lendo

Titãs em Cuiabá: a lenda viva do rock e o ‘fora Dilma’ que não pegou

Show do Titãs

Valeu a pena o show em Cuiabá! Pra quem não sabe o Titãs se apresentou na capital mato-grossense, no último sábado. A banda escolheu repertório quase retrô, relembrando os velhos tempos de rock, anos 80. A exceção foi duas ou três músicas da fase comercial/pop da banda (anos 90 e início dos anos dois mil).

Quem foi pôde presenciar um mito do rock nacional. Som de altíssima qualidade.

Esquisito foi o público, que mais parecia ir a um teatro do que show de rock: Poucos jovens; mulheres de salto alto e vestidos com apetrechos e renda; homens com sapato social lustrado e camisa de gola polo. Continuar lendo

PEDRADAS DO CAOS (Datena e seu ódio; Deus existe?; Estado Laico)

Roberto Boaventura da Silva Sá

Dr. Jornalismo/USP; Prof. Literatura/UFMT

Depois de ter tratado das perigosas ações dos “inquisidores da irmandade evangélica” no artigo anterior, pensei que hoje pudesse sair do tema. Não posso. Motivo: uma propaganda do Ministério Público Federal (MPF) que vi na Rede Bandeirantes.

Para melhor apreciar a peça, busquei-a na internet. Ali, fiquei sabendo que a propaganda é um direito de resposta que a Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos (ATEA) ganhou contra José Datena, apresentador do “Brasil Urgente”.

O que Datena fez? Continuar lendo